sábado, 28 de janeiro de 2017

Cupira-PE: Parlamentar conta as dificuldades de fazer oposição solitária

Ser oposição nem sempre é tão fácil quanto parece, não é ser somente 'do contra', não pode ser radical e nem arbitrário na forma de ter um posicionamento contrário à administração pública que se pretende fiscalizar. Na Câmara Municipal de Cupira, além dessa dificuldade ainda há o fator grande minoria.
O vereador Bena Junior (PSDB) é um dos únicos parlamentares que fazem parte da oposição. Ao lado de Ailton da Boa vista (PRB), Bena vem trabalhando e fiscalizando a atual gestão. Essa é a quarta legislatura e é a liderança da oposição na Câmara.
O vereador foi contra o projeto do aumento da iluminação pública e agora se posicionou contrario a um aumento de mais 100% ao secretário da Câmara Municipal.
"Tive de me posicionar contra uma bancada governista já bastante numerosa (09 de 11) e não posso concordar com esse aumento absurdo que está acontecendo e ver meus colegas aceitarem tudo calado. Ciente de que não existe governo saudável sem uma oposição responsável, vou dar um exemplo: Na última reunião estive sozinho debatendo o projeto 01/2017 da mesa diretora, onde modificava o projeto de lei 93/2016 dando um aumento de 1.800,00 para 4.000,00. Estamos passando por uma crise e um governo que se diz estar tentando acertar, não é o que parece... isto tinha que levar a público”.

2 comentários:

  1. É lamentável o posicionamento dos demais parlamentares do legislativo cupirense, quando deveriam atuar contra as ações "arbitrárias" dos interessados a esse tipo de aumento absurdo diante de um momento difícil que a economia de nosso país está vivenciando nos últimos dias. Por outro lado, parabenizo ao vereador Bena Junior, pela sua disponibilidade em atuar com legitimidade em defesa da comunidade como um todo.

    ResponderExcluir